Boletim Abril – Compartilhar

LEIA EM PDF

Fazer parte de algo com alguém. Essa é uma das definições de compartilhar encontrada na internet. É atuar com propósito, com sentido, com valores. Compartilhar exige muitas possibilidades de troca, e aos poucos se torna um hábito, um estilo de vida. Cada vez mais temos visto serviços de compartilhamento e solidificação da economia colaborativa, o que mostra que, diante de problemas sociais, as pessoas estão propensas a ajudar, impactando a forma como vivemos. Compartilhar sempre fez parte da sociedade. É algo intrínseco e natural ao nosso ser, mas que muitas vezes acaba sendo deixada de lado por uma força de mercado de possuir e consumir cada vez mais. Porém, tem-se percebido que essa força de mercado tem diminuído. Segundo dados do IBGE, em 2018 os trabalhos voluntários cresceram 13% no Brasil.

São mais de 7 milhões de pessoas que assumem a responsabilidade de ajudar sem receber nada em troca, sem interesse envolvido no ato de compartilhar. Na Associação Evangélica Beneficente David Rowe o compartilhar está muito presente. Tempo, materiais, dons, dinheiro. São muitos esforços conjuntos, que de forma colaborativa ajudam na manutenção da casa e no bem-estar dos hóspedes.


Contar uma história ou ouvi-la, dividir a esperança e a fé, levar o consolo e ser consolado. E quanto mais compartilhamos, mais recebemos em troca. Muitas vezes eu mesma sai de lá fortalecida nas minhas fraquezas, aprendendo a olhar e vivenciar uma experiência de outra forma.
Em nossa Casa de Apoio temos as áreas compartilhadas, os ambientes comuns: a sala, a cozinha, a mesa das refeições. Os hóspedes compartilham do mesmo ambiente e encontram formas de colaborarem uns com os outros nas tarefas do dia a dia. Ali são divididas histórias, experiências, culturas e também as ansiedades e superações. Trocas que fortalecem, que ensinam, que ajudam.

Quando compartilhamos e colaboramos, dividimos a carga, como em Eclesiastes que nos mostra que é melhor ser dois do que um, “Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante.” (Eclesiastes 4.10).

Fazer parte de algo com alguém. Assim nos sentimos na ação da AEBDR, fazemos parte de uma causa. E ainda melhor do que compartilhar e ter a atitude colaborativa é incluir Deus nesse comportamento. Se juntos somos mais fortes e podemos ir mais longe, com Deus nessa equação tudo se torna ainda melhor. O Deus que compartilha conosco o seu amor, sua misericórdia, sua força que se faz presente e nos motiva a compartilhar essas mesmas características com aqueles que mais precisam.

Vivianne Delgado

(Diretora de Relações Públicas)

Doações
CNPJ: 04.111.197/0001-97

Itaú Ag 8545 c/c 00791-9
Bradesco Ag 2297-7 c/c 104.898-8

Ajude , faça uma Doação CLIQUE AQUI

Ajude a salvar vidas , CENTRO BOLDRINI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *