Cooperação e colaboração

Por Vivianne Delgado, diretora de Relações Institucionais

LEIA Boletim Abril EM PDF

“Eu nunca os deixarei e jamais os abandonarei.” Hebreus 13.5

Cooperação e colaboração

Em março comemoramos 22 anos da David Rowe. Tivemos um momento devocional e de gratidão sobre o trabalho desenvolvido até aqui. Trabalho esse que tem sido realizado por um importante grupo de mantenedores e voluntários ao longo de todos esses anos.

De acordo com a pesquisa “Perfil do Voluntariado no Brasil”, realizada pelo Instituto Datafolha em parceria com o Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS), em 2021, o tempo médio da atividade voluntária é de 10 anos e os mais velhos são os responsáveis pelo maior tempo médio de trabalho voluntário, enquanto os mais jovens destacam-se entre 1 a 3 anos de voluntariado. Uma boa notícia trazida pela pesquisa é que a quantidade média de vezes de dedicação aumentou,

ubindo o número médio de atividades mensais de 4 para 6 vezes. Entre 2011 e 2021, o índice de voluntários na população brasileira com 16 anos ou mais passou de

11% para 34%. Entre os voluntários brasileiros, 12% realizam atividades voluntárias com frequência definida (cerca de 20 milhões de pessoas)

Ainda na pesquisa, solidariedade é a palavra que descreve a motivação do voluntário para ampla maioria desse universo, com as demais motivações em patamar distante e a sensação de estar ajudando o próximo é o que motiva mais voluntários em suas atividades.

Além dos dados estatísticos, é importante ressaltar que o trabalho voluntário vai além dos números, pois ele também proporciona benefícios pessoais e sociais. Ao dedicar seu tempo e esforço em prol de uma causa ou organização, os voluntários têm a oportunidade de adquirir novos conhecimentos, aprimorar suas habilidades existentes e ganhar experiência em diferentes áreas.

Essas habilidades podem variar desde liderança, trabalho em equipe, capacidade de organização, até habilidades técnicas específicas, dependendo do tipo de trabalho voluntário realizado. Essas competências adquiridas podem ser valiosas tanto na vida pessoal quanto profissional, contribuindo para o crescimento e o desenvolvimento pessoal dos voluntários.

Além disso, o trabalho voluntário pode proporcionar um senso de propósito e realização pessoal. Ao ajudar outras pessoas, comunidades ou causas, os voluntários têm a oportunidade de fazer a diferença na vida de outros, o que pode trazer uma sensação de gratificação e satisfação pessoal. Saber que sua contribuição é significativa e que está ajudando a tornar o mundo um lugar melhor pode trazer um senso de propósito e significado para a vida dos voluntários, aumentando sua autoestima e bem-estar emocional.

O trabalho voluntário muitas vezes envolve o contato com realidades diferentes daquelas vivenciadas pelos voluntários em seu cotidiano promovendo a inclusão social, a solidariedade, a empatia e a construção de uma cultura de cooperação e colaboração.

À você que já é nosso voluntário, agradecemos toda a sua dedicação para a nossa causa nesses 22 anos de vida da David Rowe. Seu trabalho faz diferença!

E, caso ainda não seja um dos nossos voluntários, entre em contato conosco sobre as formas que pode nos ajudar. Faça parte e nos ajudar a ajudar!

22 anos da David Rowe

Nossos números (Valores referentes a MARÇO/2023)
Entradas: R$ 11.934,45 Saídas: R$ 12.265,13
ASSOCIAÇÃO EVANGÉLICA BENEFICENTE DAVID ROWE

Rua José Pugliese Filho, 798 — Guará — Barão Geraldo — Campinas/SP 13.085-415 – (19) 3249-2034 (19) 99574-0808 / [email protected] Site: www.davidrowe.org.br Instagram: @casadavidrowe

Entre em CONTATO

Conheça o CENTRO BOLDRINI

Tags: Cooperação e colaboração

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *