Boletim Maio – Acolher

Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.” (Mateus 11:30) Como é bom saber que não estamos sozinhos, que temos alguém que pode a nos ajudar em nossas dificuldades e que nos auxilia a carregarmos nossas cargas. Na fé cristã, sabemos que Deus é nosso escudo e nossa fortaleza. Nosso Senhor Jesus Cristo é aquele que veio para dividir a carga e nos ajudar a carregá-las e a passar por nossas próprias lutas.

Muitas vezes quando nos vemos cercados de problemas fica um pouco difícil enxergar uma solução. Parece que andamos em meio à neblina, sem saber o que vem pela frente. Acabamos focando no problema e não vemos a solução.

As coisas não são exatamente o que parecem. Embora nossos sentidos nos digam que estamos sozinhos, o Senhor está lá e, por ser ele a fonte da vida, vida brotará até mesmo de uma terra morta. É nesse deserto que a água sai da rocha e o maná aparece a cada manhã.”1

Mas, pela graça de Deus e pelos dons que ele deu a cada um de nós, há aquelas pessoas prontas a nos ajudar, a trazer uma palavra de consolo, de ânimo, de força, de esperança. Costumamos dizer que todo o trabalho desenvolvido na Associação Evangélica Beneficente David Rowe (AEBDR) é realizado revestido de amor cristão.

Sabemos que nem sempre temos uma vida sem problemas ou que os problemas se resolvem rapidamente.  E, apesar dos problemas, Deus está conosco sempre. E, às vezes, o sofrimento é tamanho que não conseguimos enxergar isso. E precisamos de alguém que, em amor, nos mostre que Ele está no controle de tudo, que Ele tem um plano e que cabe a cada um de nós confiar.

Este é um dos papéis do capelão. Aconselhamento, acolhimento espiritual, estudos bíblicos e oração, levando palavras de apoio e encorajamento para usarmos em nosso dia-a-dia ou em momentos difíceis. “Como seus filhos, abrimos nosso coração ao nosso Pai e permanecemos no firme fundamento de Jesus, o qual é nossa paz, aceitação e poder. Isso nos reconduz ao princípio. Para edificar sua igreja, Deus usa pessoas comuns, com suas conversas cada vez mais sábias, espontâneas e dependentes de Deus. Essas conversas não dependem de nosso brilhantismo para se revelar úteis; elas dependem de Jesus, de seu poder, de nossa fraqueza e de nossa humilde resposta a ele.”2

 A AEBDR conta, há pouco mais de dois meses, com o serviço de apoio e assistência espiritual de um novo capelão, o pastor Marcelo Oliveira, da Igreja Anglicana, que veio somar aos cuidados prestados pela nossa Casa de Apoio.

Nosso desejo é de que esse serviço aos nossos hóspedes traga o conforto de saberem que não carregamos o peso sozinhos. Somos lembrados de que Jesus Cristo está à frente pronto para que as almas cansadas sejam sustentadas e encontrem descanso nele.

Vivianne Delgado, diretora de Relações Públicas

__________

1 e 2 (Aconselhando uns aos outros, de Edwart T. Welch)

LEIA EM PDF

Vivianne Delgado – diretora de Relações Públicas

Doações
CNPJ: 04.111.197/0001-97

Itaú Ag 8545 c/c 00791-9
Bradesco Ag 2297-7 c/c 104.898-8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *